Todos nós sabemos que desenhar não é uma atividade das mais fáceis. E por não ser tão simples alguns artistas iniciantes acabam desistindo no meio do caminho porque não tem persistência para continuar praticando mesmo após alguns trabalhos iniciais não tão bom. Acreditamos que essa determinação e persistência é a chave para um bom desenvolvimento como artista, já que no início há a famosa barreira de adaptação e desenvolvimento, onde o artista iniciante ainda está pegando os costumes de um desenhistas e está para aprender como desenhar bem, além dos atalhos e movimentos que só vem com o tempo e experiência.

desenho1

Além dessa determinação é claro que é preciso também o estudo e a prática. Essa é a combinação do sucesso para boas obras. Uma boa matéria para que estude logo de início é estudar o corpo humano, a anatomia. É necessário ter uma noção, e se possível ter uma boa noção do corpo humano para conseguir absorver os detalhes e linhas, proporções e tamanhos dos elementos que compõe um corpo humano. Em seguida, você pode até se especializar e focar em partes do corpo, como a cabeça, mão, pé, perna, braço e etc. Isso faz com que seus trabalhos tenha uma qualidade de detalhes que o diferencia dos demais, já que a qualidade e o diferencial está nos detalhes.

Um dos maiores erros de quem está iniciando e decidiu entrar pro mundo das artes é tornar o desenho como uma atividade esporádica, que só é praticada de vem em quando. Isso é péssimo para o seu aprendizado porque a prática fica muito distante uma da outra o que prejudica sua absorção e seu senso de continuidade, quebrando a ordem de desenvolvimento natural. Por isso caso realmente queira aprender é necessário praticar no seu dia-a-dia e levar a sério, querendo melhorar e evoluir. Por mais que no início a curva de aprendizado seja difícil de acentuar, após essa fase as coisas melhoram e seu desenvolvimento dispara.

Pois bem, depois dessa breve introdução com comportamentos e conceitos que você deve ter em mente, vamos agora ir mais afundo em técnicas e prática que irão te ajudar no processo de desenhar, no processo de concentração e no processo de pintura. Fique atento e leio com senso crítico, interpretando as informações de acordo com a sua necessidade. Qualquer dúvida sinta-se a vontade para comentar e debater, isso é sempre saudável e quem sai ganhando é a arte e o mundo do desenho

A primeira instrução:
No mundo do desenho do corpo humano há duas formas básicas que serão muito usadas e serão as bases do seu desenho. A primeira forma geométrica é o círculo e sempre é usado para iniciar os contorno da cabeça, das mãos, joelho, cotovelo e outras partes menores que sempre tem seu start com um círculo. A segunda são os retangulos, largura e altura dos braços e pernas por exemplo podem ser rabiscados inicialmente com retângulos, ganhando posteriormente contornos reais e curvas.

A segunda instrução:
Os tamanhos das partes de um corpo é muito importante para a composição do desenho. Além, é claro das proporções exercidas perantes os elementos da obra. O braço e as pernas devem estar em seu tamanho correto perante os demais elementos que compõe o desenho como os dedos, tronco e a cabeça. E isso você adquirir estudando anatomia, como sugerido no início do texto.

A terceira instrução:
No início de seus trabalhos não seja detalhista e perca seu tempo fazendo acabamento. Isso deve ser feito após o rabisco inicial. No início você deve ter em mente que deve fazer as proporções corretas, os tamanhos corretos e isso é fundamental para que seu desenho siga no caminho correto. Errando no início tudo pode ser arruinado no meio do desenho, por isso a concetração é fundamental nesse início. Como já falamos, no início foque-se nas forma geométrica, marcando os espaços. Após isso você irá começar com as curvas, mas somente depois desse primeiro passo.

A quarta intrução:
Separe um tempo de seu dia para a prática ou para o estudo teórico do seus desenhos. Isso é que irá fazer a diferença no seu desenvolvimento como artista e irá mudar completamente a qualidade das suas obras, deixando seu público satisfeito com seu trabalho. O tempo ideal é mais de 30 minutos, caso contrário a absorção será curta e de pouca utilidade.

A quinta instrução:
Caso queira otimizar seu desenvolvimento se matricule um curso de desenho. Por mais que algumas pessoas tenham uma certa resistência, eu sou totalmente a favor da prática de desenho com um profissional auxiliando no passo-a-passo. Isso realmente ajuda muito! Caso tenha algum dinheiro para investir não pense duas vezes e faça sua matrícula em um curso bom. Mas é claro que vale a pena lembrar que nem todos os cursos tem qualidade, por isso faça uma pesquisa, busque referências e continue em frente.

desenho2

Com esse conhecimento absorvido só basta praticar e estudar e seguir em frente. Dessa forma, você irá conseguir melhorar suas obras. Determinação e persistência sempre. Encontramos muito conteúdo bom no site ateliernaweb.com, caso queira mais conteúdo sugiro que leia o conteúdo de lá. É realmente de muito proveito.

Com essa profissão em alta, muito jovens recém-saídos das escolas estão querendo entrar nesse mundo digital e trabalhar com webdesign, fazendo sites e aplicações web. Com isso em mente, os profissionais devem estar preparados para o mercado de trabalho estudando sobre como estruturar um site de forma correta, utilizando as tecnologias corretas.

wd

O primeiro ponto importante que devemos lembrar é que os usuários de hoje estão sem paciência para esperar o carregamento da página. Por isso seja o mais simples e direto possível. Design clean e leve, isso causa nítidez e rapidez no carregamento do site deixando o usuário com uma experiência muito mais positiva. Caso contrário, eles podem ir para o seu concorrente.

Leve em consideração ter um mapa de todas as suas páginas do site. Isso é importante para a leitura do Google, que facilita a passagem e leitura entre as suas páginas e também facilita para seus usuários que navegam e conseguem enxergar o site de forma macro, vendo ele como todo, de forma completa.

Após finalizar todo o trabalho é importante fazer alguns testes para verificar as funcionalidades e seu funcionamento. É importante para evitar que o site seja lançado com erros e bugs, evitando possíveis desagradáveis situações e reclamações perante ao internautas. Sem pressa, produza, teste, corrija e teste novamente. Com esse ciclo você minimiza muito a homologação de seu site com erros.

Ferramentas como aumento e diminuição de fonte, um bom contraste de texto faz com que a leitura foque mais leve. Um altura de linha razoável também pode ajudar muito no conforto do usuário na hora da leitura. Fique atento a esses detalhes, ainda mais se seu site é um site de conteúdo com texto longos e que exige do usuário um tempo de leitura e interpretação. Sempre pense no usuário.

Nomeie suas páginas e utilize a técnica de hierarquia, deixando claro quais elementos pertence a quais blocos de informação. Além disso, fique atento a sinalização de onde o usuário se encontra e para onde ele pode ir. Isso é muito importante para uma navegação bem feita.

web

Em seu período de teste, como já falamos, não esqueça de verificar e testar seu site em todos os navegadores do mercado. Firefox, Internet Explorar, Chrome, Safari devem estar sendo testado em seu site já que há usuários em todos os navegadores. Existem hacks específicos para cada navegador para caso dê algum erro em um navegador em especial.

Com tudo isso já aprendido foque-se em seus estudos e desenvolvimento e saiba que a prática é que vai fazer de você um bom webdesigner. Continue e chegará lá.

Está iniciando sua marca de roupas agora e quer algumas dicas de como começar? Aqui vamos falar sobre isso e te ajudar com algum conteúdo. Por mais que pareça difícil e complicado no início, sem ideias de qual linha seguir, não é tão complicado já que basta definir seu conceito no início e tudo irá seguir essa diretriz posteriormente. Vamos te ajudar a definir algumas escolhas que será importante para o sucesso de sua linha de roupas. A ideia é sempre fazer com que a suas peças de roupas sejam criadas emcima de conceitos para que sua marca seja consistente na mensagem que deseja emitir. E é claro, além da parte conceitual vamos conversar também sobre a parte técnica, que serão dicas de como fazer os desenhos e cortes para que a sua marca seja diferenciada no mercado de moda, no Brasil e quem sabe também no mundo.

moda1

Para começar vamos começar te indicando que seja uma pessoa 24 horas antenada do que o pessoal veste na rua, e o que você vê nas vitrines de lojas de roupas. Isso para que você agregue uma vasta referência de peças de roupas, sabendo o que é bom e o que não é. Isso é importante porque vai ter dar um leque de caminhos e misturas que você pode elaborar ao criar as peças de sua marca.
Uma outra ótima forma de buscar referências é através de revistas de moda, além é claro da internet que é o principal recursos de busca de referência e estudo de peças de roupas que estão em alta, e também de possíveis linhas conceituais que a sua marca pode seguir.

A ideia não é copiar roupas e peças, mas sim se inspirar. O que quero dizer é misturar pontos positivos de roupas que você viu e gostou com o conceito de sua própria roupa, levando em consideração a personalidade de sua marca. Se sua marca for do Rio de Janeiro e carregar um perfil mais despojado é importante que traga toda a sua referência para essa linha de mensagem através de cortes e desenhos.

moda3

Algumas pessoas são bem resistentes quanto a busca de referências em anos antigos, a muito tempo atrás. Isso, na minha opinião, é uma grande burrice que tem como carro-chefe um ego inflado que não leva lugar nenhum. Ótimas peas foram criadas durante a história e toda peça pode ser um poço de inspiração ao ser interpretada da forma correta. Tente pensar como o estilista criou aquele modelo para que consiga absorver todo o ensinamento que aquilo pode te trazer. Por isso eu sempre recomendo que estude a história da moda, estude peças históricas e icônicas que marcaram época. Isso vai te fazer uma pessoa mais bem preparada e com maior bagagem para construir seu caminho com um sólido conhecimento.

Ao iniciar os desenhos de modelagem sempre faça a definição da peça em questão no centro da folha em que está desenhando e projetando. Isso vai te trazer maior conforto para aumentar o desenho para os lados e causar mais liberdade para criar. Assim, trace três linhas, onde a primeira linha horizontal será para marcar o retalho, a segunda linha será para definir o busto e a terceira linha será para delinear a cintura. Essa diretriz é importante para você ter uma base sólida para seguir em frente com seus desenhos.

Continuando, temos também a linha 4, 5 além de outras linhas cruzadas como a linha 2 e 3 que se localizam na cintura do modelo. Siga esse modelo que seu desenho irá finalizar com sucesso. Inicie esses desenhos de marcações de forma leve, sem forçar muito o lápis para que se desenho de modelagem não fique muito marcado e fique sobrepondo as linhas das roupas. E também para que caso você erre o desenho das linhas e tenha que apagar não fique marcado e sujando a folha de papel.

É importante dizer que no início tudo irá ficar difícil, e isso é super normal. Mas depois, com a prática, tudo irá sair naturalmente e seus desenhos irão ser produzidos com qualidade e agilidade depois de ficar com prática no lápis e papel.

moda

Lembre-se que cada grife criada há um período de resistência no mercado pois há muito players e concorrentes que irá se combater por um espaço no coração do consumidor. Por isso é importantíssimo que sua marca tenha um diferencial, e também tenha uma personalidade bem marcante para que atinja em cheio seu público-alvo. Caso entre no mercado para ser mais um, comum, isso pode te causar mais dificuldades de conseguir deslanchar as vendas de roupa. A grande dica é essa, faça que sua marca de roupas tenha personalidade, para facilitar pense como se fosse uma pessoa e haja através de possíveis atos da marca e como você gostaria que ela fosse agir perante algumas situações. Essa personificação pode te ajudar a assimiliar esse direção de personalidade e posicionamento de acordo com a mensagem que deseja emitir através dos tecidos e estampas.

Espero que tenha gostado.
Abraços.

Tendo o peso ideal é o que domina muitas pessoas em seus pensamentos hoje. Muitos fatores determinam uma perda de peso. Entre esses fatores estão a queima de calorias, os níveis de glicose no sangue, taxa metabólica, o apetite eo metabolismo da gordura. É importante notar que os fatores acima não podem trabalhar de forma eficiente se as pessoas não tomar sais minerais de forma otimizada. Os minerais desempenham um papel importante na manutenção do peso ideal e saúde. Além disso, eles cooperam entre si para se certificar de que tudo está bem no corpo.

Entre os melhores minerais que se pode usar para perda de peso é o cromo. Este mineral é necessário no corpo para o metabolismo do açúcar. Se o corpo não tem suficiente de crómio, a insulina no corpo não será tão eficaz na regulação dos níveis de glicose no sangue. O cromo também ajuda a regular os desejos, bem como reduzir a fome. Por esta razão, muitas pílulas de dieta à base de plantas contêm cromo, tipicamente na forma de picolinato de cromo. Alimentos fontes naturais de cromo incluem melaço, fígado, cereais integrais, sucos de frutas, queijo duro, carne e gemas de ovos.

O cálcio é também um mineral essencial não só para a saúde do osso, mas pode ajudar na perda de peso. De acordo com estudos clínicos, existe uma relação positiva entre a ingestão de cálcio e perda de peso. Pesquisa de perda de peso regulamentado revelou que se aumenta a sua ingestão de cálcio por cerca de duas porções de produtos lácteos por dia podem reduzir o risco de excesso de peso em quase 70%. É importante notar neste ponto que o leite livre de gordura com baixas calorias contém quantidade de cálcio semelhante ao leite integral.

O zinco também se enquadra na categoria de melhores minerais para perda de peso. Este mineral ajuda na regulação do apetite e é necessário para o bom funcionamento dos hormônios como a insulina. Fumantes, alguns vegetarianos, doentes crónicos e bebedores pesados ​​são as pessoas que são mais afetadas pela deficiência de zinco. Pessoas na extremamente baixa caloria ou dietas não-nutritivos têm a deficiência também. Grandes fontes de zinco na dieta incluem o arenque, cordeiro ou carne magra, germe de trigo, ovos, castanhas do Brasil, frango, amêndoas e lentilhas.

Outro mineral que poderia ser útil para perda de peso é manganês. Este mineral ajuda na regulação do metabolismo da gordura, bem como a de glucose no sangue. As pessoas que necessitam para a função tiróide de um saudável, que é essencial para a manutenção de um peso saudável. Fontes naturais de manganês são divididos ervilhas, chá, germe de trigo, vegetais de folhas verdes, aveia, abacaxi e nozes. Além é claro do leite, através de sua dieta que pode ser bem explicada nesse link aqui que fala sobre a dieta do leite.

As vitaminas também são contadas entre os melhores minerais para a perda de peso e são necessários para um grande número de funções celulares que se relacionam a perda de peso e podem ser encontrados em todos os tipos de alimentos. A vitamina B1 por exemplo, é essencial para a conversão de carboidratos em energia e é encontrada em cereais fortificados, alimentos integrais, fígado e carne de porco. Assistências vitamina B2 na produção de energia dentro do corpo e células e mudanças triptofano em niacina (B3). Vitamina B3 ajuda a uma pessoa em ácidos graxos uso do corpo e açúcares s e também produz energia dentro de todas as células Ele ajuda no bom funcionamento de enzimas também. A vitamina B6 auxilia na produção de insulina anúncio também muda tyrptophan em serotonina e niacina, enquanto B12 ajuda o corpo a usar aminoácidos e ácidos graxos.

Muitos dos melhores minerais para perda de peso são prevalentes em alimentos naturais não transformados. Uma dieta que é bem equilibrada e rica em frutas, legumes, proteínas e grãos integrais irá fornecer quase todos esses minerais e irá melhorar sua saúde geral e peso. É recomendado que você não tomar grandes doses de certos minerais em um esforço para perder peso. Se você quiser tomar um suplemento mineral, por favor fale com o seu médico, nutricionista ou farmacêutico antes de fazer sua escolha.

Além disso, lembre-se sempre que, tendo minerais para perda de peso é apenas uma parte da imagem maior. A perda de peso deve ser um esforço bem-arredondado que inclui uma dieta saudável e exercício físico, independentemente de quaisquer suplementos que você pode tomar para perder peso.